Eh Eh Eh

É por isso que vale a pena fazer um atentadão de dois em dois anos. Para manter os estúpidos com poder!
É o futuro. É o futuro!


Inglês coloca mulher na lista de terroristas para se ver livre dela
Insatisfeito com a sua vida conjugal, um funcionário dos serviços de imigração britânicos colocou a mulher na lista de potenciais terroristas.
No regresso de uma visita aos familiares, fora do Reino Unido, uma mulher foi barrada pelas autoridades britânicas.

Segundo o site Globo, que cita o britânico Mirror, o marido tinha-a colocado na lista de suspeitos de terrorismo para se livrar dela.

De acordo com um outro funcionário dos serviços de imigração, a esposa «estava confusa quando chegou ao aeroporto, considerando que ela nunca se meteu em nada que tivesse a ver com terrorismo ou crimes».

A mulher telefonou ao cônjuge pedindo-lhe para resolver o problema, «só que ela não sabia que ele é que a havia colocado nessa lista». Mas foram precisos três anos para que a solução aparecesse, e não foi por obra do homem.

Os seus superiores viram o nome da alegada terrorista nos ficheiros e, confrontando o funcionário, conseguiram uma confissão, que acabou em despedimento.

4 comentários em “Eh Eh Eh”

  1. Vá lá vá lá näo lhe encheram a cabeça de balas, e só a seguir pedir a identificaçäo, como ao outro no Metro…

    … se calhar era isso precisamente que o marido estava à espera!

  2. Este Chornal vai abrir uma página onde os leitores descontentes podem colocar o nome da respectiva mulher para abater pelos serviços secretos britânicos (mais em conta), ou norte-americanos (mais caro, mas garantido).

    Enviem o cartão de crédito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *