Jogo da Baleia

  1. Acordar muito cedo e tomar um pequeno-almoço normal.
  2. Passadas duas horas comer um prato de cereais de chocolate
  3. Ir à praia e comer uma bola de berlim
  4. Se tiver sede beber um litro de coca-cola ou outra bebida açucarada
  5. No regresso, enquando espera pelo almoço, comer um pacote de amendoins.
  6. Ao almoço, bacalhau com natas, carregando nas natas. Na sobremesa, um belo pudim seguido de uma mousse de chocolate.
  7. Ao lanche, comer umas torradas carregadas com manteiga e tomar uma chávena de leite com chocolate. Repetir a chávena.
  8. Sair de casa, ir ao café e repetir o lanche, mas agora com um bolo cremoso
  9. Jantar um pouco tarde, comer umas valentes bifanas com 2 ovos e muitas batatas fritas. De sobremesa, comer um arroz-doce. Repetir o arroz-doce. Repetir mais um bocadinho.
  10. Pela noite fora, ir comendo umas gulodices.
  11. Antes de deitar, para atrair o sono, comer um prato de farinha Amparo.
  12. O objectivo do jogo é ter 100 kg.

os merdia

Isto não é sobre o sarampo, nem sobre as vacinas do sarampo, nem o crl. Isto é sobre a falta de rigor das notícias e dos discursos de uma data de “peritos”. E sobre uma certa falta de vergonha. A história inicial era de que uma rapariga morreu de sarampo no hospital porque os pais não a vacinaram. Presume-se que a rapariga apanhou o sarampo e foi para o hospital e que o sistema imunitário da miúda não a conseguiu proteger por ela não ter sido vacinada. Os peritos dizem que a vacinação é importante e escrevem nos jornais que a morte é desnecessária porque a vacina é extremamente eficaz. E que são muito raros os casos de pessoas vacinadas que apanham sarampo. Exige-se a vacinação de todas as crianças. Culpam-se os pais por não terem cumprido a vacinação obrigatória e há quem peça a prisão dos pais.

A história uma semana depois: Afinal a vacinação contra o sarampo não era obrigatória pelo que pedir a prisão dos pais era legalmente um disparate. Afinal a rapariga tinha tomado a primeira dose mas tinha tido um choque anafilático, pelo que o médico considerou melhor não lhe dar outra dose. Afinal a causa do internamento não foi o sarampo, mas mononucleose, uma doença que afecta o sistema imunitário e que portanto a desarmou face ao sarampo e às complicações posteriores que levaram à sua morte. Afinal a rapariga não apanhou o sarampo antes de ir para o hospital, mas sim no hospital. Afinal é de equacionar a eventualidade de uma responsabilidade do hospital.  E apanhou o sarampo de um bebé que afinal não tinha idade para ser vacinado. Afinal metade das pessoas que apanharam o sarampo tinham sido vacinadas. Afinal muitos dos casos de sarampo pela Europa fora serão dificilmente evitáveis porque acontecem a crianças que ainda não estão em idade de ser vacinadas.

Bem que podiam ter tido mais rigor, mais respeito pela dor daquela família, mais recato e menos extremismo. Mas os merdia de referência hoje são isto e futebol.

3 4 e 9

25 de Abril – Cão arranca orelha a criança de 9 Anos. Um Serra da Estrela, em Arouca.

25 de Abril – Cão ataca e desfigura menina de 4 anos. Um Rotweiller, em Matosinhos.

26 de Abril – Cão ataca e morde na face menino de 3 anos. Um cão de fila, em Ílhavo.

No mesmo mês em que uma idosa de 90 anos morreu atacada por um cão em Fernão Ferro.

Está tudo normal neste país do caralho. O dono do Rotweiller foi ao tribunal e já foi mandado para casa. Enquanto a menina fica com cicatrizes para o resto da vida e os pais destroçados.

Entretanto, as associações de amigos dos Rotweillers postam no facebook fotografias de merda de crianças a brincarem com Rotweillers e um crl qualquer no expesso aproveita para fazer um artigo a dizer que o Rotweiller é uma arma mas que se for bem educado tudo bem.

Está tudo bem. Está tudo normal. Já metem é muito nojo com a merda dos cãezinhos. Já podiam era meter os cães no cu. Já podiam era meter esta canalha toda na prisão por uma data de anos e obrigá-los a pagar em toda a extensão os danos causados. Já podiam era fazer uma lei que responsabilizasse de facto os donos civil e criminalmente por todos os danos causados pela merda do cão.

P.S.: E já estou farto de ouvir falar na merda do sarampo, crl. Todo o mês se falou do sarampo. Metam mas é o sarampo no cu que este mês os cães já fizeram mais mal do que o sarampo.

capalos

A percentagem da riqueza na mãos dos 5% mais ricos não pára de crescer. Toda a gente sabe disso e ninguém explica porquê. O chornal explica.

Os ricos têm filhos. Naturalmente, querem que os filhos deles sejam ricos. Querem que os filhos deles vivam pelo mesmo padrão de vida que eles têm vivido.

Os pobres não têm filhos. Só os que são tão estúpidos que não percebem aquilo que lhes está reservado é que se atrevem a ter filhos.

Num mundo assim, a percentagem de filhos dos ricos face à população global não pára de crescer. Cada vez há mais ricos. Que querem garantir o bem-estar dos seus filhos. E, que para isso, cada vez precisam de uma parte maior da riqueza global.

Capar os ricos. Se os ricos não tivessem filhos não precisavam de muita riqueza. Eventualmente até acabavam a distribuí-la. Só temos uma solução. Capá-los.

rabalos

Gosto de sargos. Gosto de fanecas. Gosto de tamboril. Gosto de pampo. O sargo até tem qualquer coisa de parecido com o arrabalo. Só que gosto à brava de sargo e nunca gostei muito de arrabalos.

A UE vai-nos proibir de pescar arrabalos. Mais uma. A UE proibe-nos de tudo. Não se pode pescar nada. Não se pode cultivar. Não se pode fazer nada neste país de merda. A UE tem sempre uma desculpa para proibir de trabalhar. Neste caso diz que proibe as pescas para proteger os peixes no seu habitat.
http://expresso.sapo.pt/economia/2015-11-10-Quotas-carapau-iberico-sobe-mas-Comissao-Europeia-vai-interditar-pesca-do-robalo

Os gajos que encheram e continuam a encher os oceanos de plástico não fodem o habitat. Os hipermercados que nos vendem tudo embalado não fodem o habitat. Os gajos que exploram e derramam petróleo no fundo do mar também não fodem o habitat. Nem Fukushima fode o habital. Os portugueses é que fodem o habitat porque comem peixe.
http://www.ionline.pt/419519#close

O que a UE quer é que a gente compre arrabalos de aquário. A UE está é a promover a aquacultura. Nós deixamos de pescar para que outros nos possam impingir peixe de merda. Estamos muito zangados. E queremos arrabalos, já!

(i)real

A rainha de inglaterra. Notícia do DN. A rainha de inglaterra afinal não é a rainha de inglaterra. Depois de analise de ADN a um rei do século XV, ricardo III, conclui-se que os que ocupam o trono não podem ser descendentes dele. Alguém pulou a cerca, alguém pôs um par de cornos monumental, um real par de cornos. Esta família real é fake, mas mantêm a pose. Vivá familia (i)real

https://www.youtube.com/watch?v=hNVsbX3J_ms

na américa

Na américa, todos os dias a polícia mata pretos no meio da rua. O último preto foi asfixiado até à morte porque estava a vender cigarros ilegais no meio da rua. Foi asfixiado até à morte, no meio da rua, porque estava a vender cigarros sem pagar impostos. A américa continua atentamente a vigiar pelos direitos humanos no mundo, de preferência longe da américa.

Os EUA torturam presos, partem-lhes as pernas e obrigam-nos a ficar em pé. Deixam-nos semanas sem dormir, enfiam-nos vivos em caixões, matam-nos de frio. Deixam-nos pendurados pelos dedos das mãos ou dos pés durante dias a fio. E, por fim, enfiam-lhes a comida pelo cu em tubos maiores que o buraco que lhes rebentam os intestinos. É o último relatório do congresso sobre as actividades da CIA. Vivá américa. Os outros são todos maus. abaixo os maus! vivá américa!

https://www.youtube.com/watch?v=5LSBpwmMnVM

ricardo salgado

Notícia da Sábado. O BES andava mais ou menos falido desde 2006. Grandioso, o ricardo salgado é o maior. Ter discurso de sucesso quando a vida corre bem, qualquer um consegue, agora estar falido e continuar a apregoar saúde e a convencer toda a gente é obra. Ver todos os outros bancos a afundar e manter uma pose brutal. Estar na merda e ensinar aos outros como se deve viver é que é. Estar falido e continuar a emprestar dinheiro à economia, ah!ah!ah! Vivó salgado. Vivó maior financiador da campanha do cavaco. Depois de já estar falido, ah!ah!ah! Ricardo Salgado, you are great.

90 anos

Mário Soares, 90 anos. Segundo a prodigiosa revista LUX, Mário Soares,o bochechas, nega ter um caso com uma gaja 40 anos mais nova. Podíamos ser ranhosos, p odiamos ser ranhosos e dizer: se ele nega é porque é verdade. Não vamos por aí. O simples facto de um gajo ter de negar que anda a comer uma gaja com menos 40 anos já é suficientemente grandioso, só por si. Demente. Um gajo que tem 90 anos e tem de andar por aí a desmentir que anda a comer gajas com idade para serem netas dele merece o nosso respeito. Mário Soares, you are great.

o évora

Porque é que o pessoal tem medo do évora? Afinal de conas, aquela merda só se pega se tocarmos nas pessoas que têm évora. Mas se é assim, para quê tanto medo?

Porque é que uma coisa que só se apanha tocando mete tanto medo? Só um estúpido se vai andar a esfregar nos outros se a doença anda aí. Nesse sentido a doença até podia ser uma dádiva. De uma assentada livrámo-nos de uma data de gente estúpida.

Ou não. Se só se apanhasse tocando talvez não andasse meio mundo preocupado. E se não se apanhar só tocando? Ah! isso explicava muita coisa. Isso explicava a histeria em torno do évora. Isso explicava o equipamento e as máscaras que os profissionais de saúde utilizam.

Então aqui vai uma nova versão da história do évora. “A study conducted in 2012 showed that Ebola was able to travel between pigs and monkeys that were in separate cages and were never placed in direct contact”. De http://www.nature.com/srep/2012/121115/srep00811/full/srep00811.html

O évora só se apanha com os líquidos dos contaminados. Mas para apanhar com os líquidos dos contaminados não é preciso tocar-lhes. Os líquidos dos contaminados andam pelos ares. Is it?

http://themindunleashed.org/2014/10/ebola-youre-told.html

https://www.youtube.com/watch?v=NZyVZFJGX5g

Abandonar o cão. Hoje.

A partir de Setembro, existe legislação que torna crime, punível com prisão, o abandono de cães e gatos. O abandono de cães e gatos sempre existiu. A crise deu ao abandono do cão uma dimensão nova. Hoje abandona-se porque, de repente, se deixou de ter as condições económicas mínimas para cuidar de um animal que até ali era desejado, ou tolerado, e agora está doente, ou velho, e implica uma despesa em veterinário para o qual o dinheiro simplesmente deixou de existir.

Face à crise e à redução do número de pets, os diversos stakeholders do negócio dos pets mexeram-se. Mexeram-os os bonzinhos que gostam dos animais. Mexeram-se as empresas do negócio da comida para cão. Mexeram-se os veterinários. Mexeram-se as farmacêuticas. Mexeram-se os centros de educação canina. Mexeram-se os hotéis para cães. Mexeram-se os cabeleireiros para cães. O negócio dos pets é uma coisa séria. Com o negócio dos pets não se brinca. Há mais pets que crianças em Portugal. Nos hipermercados, há mais dinheiro na prateleira de comida para pets do que na prateleira de comida para crianças. E é isso que os stakeholders do negócio dos pets pretendem que continue a acontecer.

A população falha na alimentação dos filhos. Não paga as prestações de alimentos a que está obrigada. Falha no pagamento das prestações do automóvel. Falha no pagamento das prestações da casa. Falha no tratamento médico dos filhos. E em nenhum caso destes existe pena de prisão, ou, pelo menos, não existe ninguém preso, mas existe pena de prisão se falhar nas obrigações para com o pet.

A partir de Setembro, assim que a lei for publicada no diário da república, abandonar o pet é crime punível com prisão, assim como qualquer forma de tratamento cruel. O veterinário sabe que, aconteça o que acontecer, você vai ter de lhe pagar as operações todas e não pode sequer mandar matar o cão. Setembro é o último mês em que ainda pode abandonar o seu pet.

P.S.: A lei que aí vem é uma obra de arte fecal. A lei faz piruetas para definir cães e gatos como uma tipologia especial de animais, não se atrevendo a tal porque não há qualquer evidência científica que o justifique. Assim, a lei refugia-se no conceito de animal de estimação, um conceito absolutamente inexacto que, por o ser, não devia nunca ter lugar num sistema jurídico minimamente rigoroso.

P.S.2: A lei que aí vem é uma obra de arte fecal. A lei faz piruetas para introduzir o conceito de tratamentos cruéis a pets. Mas não define o que são tratamentos cruéis. No entanto, qualquer pessoa sensata percebe que para um cão ou gato a eutanásia é um tratamento cruel para o qual o animal não daria certamente o seu acordo.

O SIM à Independência da Escócia ganhou!!!

Os escoceses votaram SIM à independência.
Os merdia dizem que o NÃO ganhou. E é verdade.
Os escoceses votaram SIM e o NÃO ganhou.

Como?
Votos Não: 2 milhões (55%)
Votos SIM: 1,6 milhões (45%)
total votantes: 3,6 milhões

Porque é que se pode afirmar com razoável certeza
que os escoceses votaram pela independência?

1 – Porque os estrangeiros (15%) residentes na Escócia votaram.
São 540 mil votos, muito maioritariamente de ingleses opositores da independência.
O suficiente para inverter o resultado do referendo.

2 – Porque os escoceses emigrados noutros países
(em parte pela desertificação das highlands
causada por diversa legislação colonial inglesa)
foram proibidos de votar.
São 800 mil votos, só de escoceses residentes em inglaterra
O suficiente para inverter o resultado do referendo.

O SIM à independência ganhou.
Merece ser comemorado

i’m back

Pensavam que estavam livres de mim? Tão livres de mim, o caralho. Aqui estou eu, pior do que nunca.. Agora estão fodidos. Toda a gente trocou os blogs pelo facebook? Fixe. Agora é que se está bem aqui.

Pensavam que eu tinha ido pró facebook? Facebook, o caralho. O facebook é uma merda. Se estão lá todos aquilo não presta.

Agora é que escrever em blogs é fixe. Agora um gajo tem a certeza de que ninguém o lê. Quanto não vale um gajo poder escrever sem ser lido por ninguém? Agora é que um gajo pode escrever à vontade. Esta merda do chornal tava um nojo. Já era lido por gajas, intelectuais e crianças. Agora não há cá ninguém. Agora é que se pode falar à vontade.

Aqui vão as notícias do dia:

Taxa de desemprego em Portugal atinge finalmente os 38%
http://expresso.sapo.pt/taxa-de-emprego-em-portugal-mantem-se-nos-62=f881455

Pato Donald apanhado a ir ao cu às crianças. Na Disney.
http://expresso.sapo.pt/escandalos-de-pedofilia-abalam-o-mexico-o-reino-unido-e-a-disney=f881463

Amorim teso, finalmente. O homem mais rico de Portugal foi apanhado no furacão espírito santo. Depois do Berardo e do puto que a Judite de sousa entrevistou,
também o Amorim se prepara para juntar ao clube dos novos pobres
http://expresso.sapo.pt/homem-mais-rico-de-portugal-apanhado-no-furacao-espirito-santo=f881330

Equipa médica descobre que kissinger não tem coração
http://expresso.sapo.pt/henry-kissinger-operado-ao-coracao=f881448

Presidente chinês reclama finalmente os açores e ameaça com intervenção militar
http://expresso.sapo.pt/presidente-chines-de-visita-aos-acores-durante-oito-horas=f881464
http://www.rtp.pt/acores/index.php/www.rtp.pt/multimediahtml/video/eu-sou-portugal?article=28475&visual=3&layout=10&tm=10

Carros de merda. BMW recolhe 10 mil carros em Portugal. Problemas no airbag do passageiro
http://expresso.sapo.pt/bmw-recolhe-mais-de-10-mil-carros-em-portugal=f881512

flach nus

Barroso quer que passos e seguro dêem as mãos. Pó caralho, pá. Dêem as mãos o caralho, pá. Não tarda nada estao a pegar na pixota um do outro. Chega de paneleirices. Pó caralho pá!

O seguro apagou-se. já não é notícia, nunca foi. O seguro é um palhaço. O seguro é um beto do caralho. Com aquela cara de espremido. De quem está sempre com vontadade de cagar. Mas não consegue.

A estrela dos merdia é o sócrates. Ressuscitado. Sócrates, a voz da oposição. Com as palmas do mário soares. E do manuel alegre. Votaste no alegre? Parabéns, pá, eh!eh! Sócrates de volta é uma cena surrealista.

Relvas. Já mete nojo. Não quero saber do relvas para nada. Caguei pró relvas, o relvas que vá pró caralho.
Não paguei nada pelas creditações do relvas. Paguei é pelas do Novas Oportunidades. 2000 milhões de euros pelo Novas oportunidades. E não vejo nem metade dos escandalizados com o relvas. 2000 milhões de euros, caralho!

Ai o tribunal constitucional e o não-corte de 1000 milhões de euros no orçamento. Pó caralho mais os 1000 milhões de euros do constitucional. 1000 milhões de euros são 1000 milhões de euros. Em janeiro o governo enterrou 1000 milhões de euros no Banif. Há 15 dias os nossos bancos perderam 2000 milhões de euros em chipre. E é claro que vamos pagar isso tudo. Fazem um drama do caralho por 1000 milhões de euros
enquanto nos esbanjam mais 3000 milhões. Pó caralho, pá. Pó caralho.

Esta semana cheira a chipre como o caralho. Tens mais de 100 mil euros? Diz-lhes adeus.

P.S.: Tens dinheiro a mais? Não guardes. Gasta numa coisa que valha a pena