Internet dos Pensamentos

Empty
Hell

Às vezes parece-me que o meu pensamento habita uma simples toca numa imensa e cavernosa gruta onde habitam também todos os pensamentos dos outros.

E que pensar é escutar o que todos os outros dizem e ao pensar estou a dizê-lo para todos os outros.

O ambiente geral é o de uma festa com a sua cacofonia multicolorida onde algumas ideias se ouvem bem e outras são fragmentos momentaneamente perceptíveis no meio do marulhar geral.
Pensar é escutar uma em particular, e ao fazê-lo estou a repeti-la e a ressoá-la para todos.

Nenhuma ideia é verdadeiramente minha. Nenhum pensamento é verdadeiramente meu.

Shakespeare:There are more things in heaven and earth, Horatio, than are dreamt of in your philosophy. – Hamlet (1.5.167-8), Hamlet to Horatio.

(Se o meu referencial cultural fosse outro diria que esta é a intemporal gruta das almas, um grande oceano de onde tudo provèm e regressa, mas não é bem isso, é mais uma Internet global e transversal aos eons.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *