Arrozada do campo

1 chouriço negro ou de carne
1 farinheira
1/2 couve média
3 cenouras médias
300g de arroz carolino
200g de feijão encarnado

Deitar o chouriço cortado ao meio (pela curva) em água fria, juntando as couves como mais aprouver: se for couve branca, cortada em 4 ou 8 (consegue-se com 3 cortes, sabiam?); se for coraçäo-de-boi ou portuguesa, deitar as folhas separadas.
Quando as couves estiverem cozidas, retirá-las e reservá-las. Juntar o feijäo ao caldo achouriçado e deixar cozer, sem deixar que o feijäo se desfaça–se for de lata é só deixar ferver e já está.
Cortar a farinheira crua a meio (também pela curva), deitar meia farinheira em água fria, juntando as cenouras cortadas ao alto. Quando começar a ferver, juntar o arroz. Deixar cozer até o arroz estar no ponto, que entretanto o feijäo também já deve estar cozido.

Servir as couves com rodelas de chouriço por cima, a cenoura misturada com o feijäo, e o arroz afarinheirado por si só.
Acompanhar com um tinto maduro mais para o novo.

Um comentário em “Arrozada do campo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *