A democracia

O Eanes, que estava a concorrer para a presidência da República contra o Soares Carneiro apoiado pelo Sá Carneiro (provavelmente contrariado), estava a jantar num restaurante a 100 metros da minha casa, quando o avião caiu.

Toda a gente ali da zona sabia que o Eanes ali estava, e então, saiu toda a gente à rua, à espera que ele saísse do restaurante.

Passou mesmo ali à minha frente, antes de anunciar que não faria mais campanha até às eleições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *