Marcelo alinha-se com o PCP

molho de cravos“só ganhamos Abril,
se não facilitarmos,
se não baixarmos a guarda”

– Álvaro Cunhal, 1990
– Carlos Carvalhas, 2000
– Jerónimo de Sousa, 2010
– Marcelo Rebelo de Sousa, 2020

Este coronavírus em tudo mexe, tudo transforma:
ele é empedernidos liberais que correm a pedir intervenções do Estado na economia, ele é defensores da Saúde privada a clamarem por mais meios ao SNS, ele é fundamentalistas religiosos a pedirem aos cientistas uma cura, ele é desesperados anti-vacinas a exigerem-nas.
E, agora, é o conservador Marcelo a juntar-se à Esquerda!

Força, força, companheiro Marcelo, nós seremos a muralha do castelo!

Marcelo, amigo, o Povo está contigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *