Maria

Cá em cima, onde a terra acaba
O mar, a perder de vista, é uma vertigem
Um navio vagaroso esfuma-se na bruma
E o teu sorriso é a alegria na paisagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *