Depois da crise

Depois do que se passou após a crise de 2008, onde os grandes grupos económicos, os bancos, e os governantes obrigaram o povo a pagar as perdas dos seus negócios mal geridos – levando a que muita gente emigrasse, muita gente se suicidasse, muita gente esteja ainda a viver, de forma desumana, no limite da pobreza – concluí que, na próxima crise, a solução mais adequada é pegar em armas e matar todos os banqueiros, todos os governantes e exterminar todas as grandes corporações.

E, depois, construir tudo de novo, limpo, e sem máculas do passado. É o que farei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *