A Mulher Armadilha

Esta história faz-me lembrar o Bilal.

Porque é que a Kathryn Mayorga apresentou queixa contra um anónimo que lhe foi ao cu? Porque é que não disse logo quem tinha sido o violador? Sabia o nome do hotel, sabia qual a suite, e quase de certeza que sabia o nome do homem que a reconfortou analmente.

Sete meses mais tarde, assinou um acordo de confidencialidade, que prescrevia que não podia falar mais sobre o assunto.

Agora, nove anos depois, veio quebrar esse acordo e quer provar a todo o custo que lhe foram ao cu, mas as provas da enrabadela parece que não existem. Não existem num dia, mas no dia seguinte voltam a aparecer, mas da enrabadela, nada.

As incongruências são muitas: o irmão dele que bate à porta, fala com o Ronaldo em português e ela percebe em inglês; que nunca o tinha visto e ele puxa-a por um braço para a suite, mas os vídeos do hotel mostram-nos a dançar e a enrolarem-se longamente antes de subirem para o quarto…

Não sou juiz, mas acho que o miúdo quis apagar a trapalhada – o gossip, antes de entrar para o Real Madrid, que o pode ter ajudado na altura e que agora o está a lixar com PH, por vingança – com 300 mil euros e agora, que lhe acabou o dinheiro, e que ele é uma estrela ofuscante de presença mundial, lhe apeteceu ir buscar mais um milhão à fonte, que, entre outras coisas, acabou de mandar fora 19 milhões para o fisco español, e lhe parece vulnerável.

É uma mulher armadilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *