Profecias

Depois do anuncio de hoje, foi o chornal entrevistar o famoso Professor Banfa Soaré, astrólogo de renome e conselheiro de econostrologia do governo de Pedro, sobre o que nos pode reservar o futuro. E estas são as suas previsões:

No futuro assistiremos ao fim da industria dos bonecos insufláveis. Não existirão mais problemas de remendos ou de falta de ar.

Acabarão também as eternas frustrações do “Dói-me a cabeça” ou do “Ele não sabe do que eu gosto”. As fantasias estarão na ordem do dia.

Acabarão os “Ele (ela) não me compreende”, “Será que…”, “Ah!! A pílula!!! MERDA!!” e as grandes doenças com nomes pequenos. Com esta nova felicidade alcançada diminurá a taxa de divórcios. Claro que também já não haverão casamentos, uniões de facto e filhos fora do casamento, famílias mono-parentais e outras situações que, quando dão para o torto, só entopem os nossos serviços sociais e tribunais.

As crianças serão substituídas por robozinhos piquenos e obedientes, o que trará obviamente vantagens acrescidas.

Assistiremos também, e para contrariar a diminuição do número de casamentos, a que se permitirá o casamento entre um humano e o seu robô pessoal.

Mas nem tudo serão rosas, não. Iremos assistir a uma pressão enorme à existência de casamentos entre robôs, que já não estão para aturar as dores de cabeça e incompreensões dos humanos, e pior, entre robôs do mesmo sexo (Uma porcaria).

Prevejo ainda a pressão, primeiro para que robôs heterossexuais possam adoptar robôs (nesta altura já não existirão muitas crianças) e depois para que casais de robôs homossexuais o queiram fazer (Horrível!!!), o que originará debates acalorados e nessa altura será proposto um referendo sobre o assunto,

Mas, também prevejo que, nessa altura já não estaremos presentes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *