Genocídio na ponte

Genocídio na ponte: já toda a gente sabe.
Vêm observadores de todo o mundo: da Índia, de Timor, da Síria e do Egito.
Vamos ganhar o Prémio Nobel

Miguel Macedo proíbe manifestação na ponte que CGTP mantém marcada

Miguel Macedo já convocou mercenários da Legião Estrangeira.
Milhares de AK’47 vão estar do outro lado da ponte a disparar contra os manifestantes.

O ministro vai poder, em fim de mandato, fazer o gosto ao dedo e extreminar milhares de comunistas!
“Estou feliz”, disse o ministro, “por poder realizar um sonho”

“Sou melhor que o Cavacu”, continuou. “O Cavacu matou um na ponte, eu vou matar milhares”

Um comentário em “Genocídio na ponte”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *