Sua Excelência, Prince

Senhoras e senhores, sua Excelência o artista que já se chamou Prince, deixou de ter nome, e agora não sei como se chama.

Prince no Coliseu Lisboa, 2013-08-17. O melhor concerto/espetáculo a que alguma vez assisti. O melhor concerto de sempre, sem dúvida — in Lisbon, Lisboa.

O tlm tem uma qualidade muito baixa. Apesar de pedirem para não gravarmos, só gravei mesmo o fim do concerto (36″) já com as luzes acesas e os papelinhos a voarem pela sala toda. Fantástico.

Com som editado, obviamente. Com um aparelho tão mau e uma imagem tão má não podia ter um som tão bom.

O homem fala música, para além de imitar a voz humana com a guitarra – muitos já fizeram isso, o Peter Frampton, por exemplo – comunica e expressa-se de forma única através da música. Notem que até para nos mandar embora não usava palavras, mas tocava um sketch, sempre diferente, em que a expressão corporal dizia: “Adeus, obrigado, vou-me embora”.

Mas só se foi embora depois de 5, 6 ou 7 encores. Três horas de concerto, teatro, espetáculo de variedades, circo, diálogo e interação genuína com o público… E a música? Foi a melhor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *