Dia de praia

Ontem passei o dia na praia. Já não via tantos rabos e mamas juntos desde o ano passado. Bem, talvez aquelas orgias da net@…

Enfim. Foi um fartar de bikinis curtos e fios dentais metidos pelos rabos acima. Mamas aos pares a passearem para trás e para a frente.

O primeiro dia de praia de jeito foi também a primeira maré viva com gente na praia e, por isso, havia conquilhas à fartazana. Bastava meter os pés na areia e saltavam logo três ou quatro conquilhas cá para fora. E enquanto apanhava conquilhas o cenógrafo ia mandando passar rabudas e mamalhadas ainda em maior número que as conquilhas que saltavam da areia, para manter o ambiente sempre fresco e renovado.

Um belo dia de praia, e no fim ainda trouxe três quilos de conquilhas que fugiram ao circuito taxador das Finanças e dos bancos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *