abaixo a UE

Cada português recebe anualmente da UE 200 euros. O suficiente para ir à Telepizza uma vez por mês. Cada alemão paga anualmente à UE 100 euros. Ou seja, paga uma pizza de 2 em 2 meses. E existem uns atrasados mentais que nos procuram convencer de que não podíamos viver sem o dinheiro que recebemos da UE.

Duzentos euros anuais por cada português. É a diferença entre o que se recebemos da UE e o que lhe pagamos. É muito pouco pela nossa participação na política de pescas “comum”. E na política agricola “comum”. E noutras restrições à actividade económica.

O orçamento da UE custa 1% do PIB da europa. São 100 mil milhões euros/ano. Que os europeus lá metem. Metade do PIB da Finlândia. Sensivelmente o mesmo que o PIB da Hungria, que tem de dar de comer a 10 milhoes de húngaros.

Ao contrário dos orçamentos dos países, o orçamento da UE não paga educação, saúde, segurança social, etc. É dinheiro que vem das contribuições para o estado social e que vai para o caralho. Quase 10% do orçamento da UE são custos administrativos. Salários chorudos e regalias para uma malandragem inútil. E o resto não é melhor, são maioritariamente subsídios para não produzir.

A UE manda o nosso governo enterrar o nosso dinheiro nos bancos. Isso já custou aos portugueses 12 mil milhões de euros. Mais do que a contribuição líquida anual da alemanha para a UE (7500 milhões de euros/ano). Andam a gozar com a gente…

Fontes:
http://www.telegraph.co.uk/finance/financialcrisis/9643193/EU-budget-who-pays-what-and-how-it-is-spent.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Budget_of_the_European_Union#Net_contributors_and_recipient
http://news.bbc.co.uk/2/hi/europe/8036097.stm#start

2 comentários em “abaixo a UE”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *