O primeiro post de sempre

Encontrámos uma disquete com backups do Jornal do Inacreditável.

Os primeiros títulos datam de 24-ABR-1998. Esta parece ser a data da criação do blog, embora os primeiros posts devam ter sido colocados em 27-ABR-1998. É provavel que alguns destes títulos tenham sido criados e publicados (muito) antes desta data, mas neste momento não conseguimos comprovar essa possibilidade.

Garantidamente somos o 1º blog português conhecido, O MAIS ANTIGO.

Só não vê quem não quer. E isso é cegueira, da pior.

História deste BLOG

Este blog estava originalmente em http://www.netpub.pt/inacreditavel. Existe uma cópia fiel ao original em http://inacreditavel1.ioio.info . Era feita à mão e no Netscape Gold (editor).

Foi criado por alturas, ou mesmo antes, do termo weblog (mais tarde abreviado para blog) ter sido forjado. Nessa época existiam apenas 100 blogs em toda a rede (mundial).

Em 2000, desisti do domínio netpub.pt, que estava alojado num servidor da Telepac – se algum leitor trabalha na Telepac e me quiser enviar os backups mais antigos do Jornal, com as datas originais, agradeço – e recriei o Jornal do Inacreditável (2ª versão), em 2002. Essa versão encontra-se agora em http://inacreditavel2.ioio.info . O sistema de gestão de posts meus e de leitores foi criado por mim em PHP/MySQL, com um grafismo de bradar aos céus, mas enfim, era o que se podia arranjar.

A 3ª versão foi criada em 2006, utiliza o WordPress, que me parece bastante robusto e com características/funcionalidades mais do que as necessárias para continuar a manter O BLOG MAIS ANTIGO DE PORTUGAL.

Sobre os Blogs

O Blogger define blog como um sítio onde se vão escrevendo coisas que podem ser lidas e, eventualmente, comentadas. O tema dos textos pode ser qualquer, assim como a periodicidade dos posts.

Os vários formatos pelos quais este Jornal já passou – desde o chorrilho de mentiras original, aos vómitos purgativos mais recentes -, encaixam sem esforço algum na definição Blogger de Blog.

2 comentários em “O primeiro post de sempre”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *