Kernel 4.1.6 e VirtualBox 5.0.2

O Slackware deu um salto grande, o que não é muito usual: saltou para a versão 4 do kernel do Linux. Estive a instalar nalgumas máquinas. Vamos ver como corre.

O VirtualBox também tem uma nova versão (5.0.2), pelo que preciso de o recompilar e reinstalar.

No fim vou ter que reiniciar os hosts das máquinas virtuais com os comandos que usei das últimas vezes. Estes comandos são necessários para recompilar o VirtualBox para a nova versão do Kernel do Linux.

cd /root
bat/vboxes stop
cd /usr/local/
VBoxManage extpack uninstall "Oracle VM VirtualBox Extension Pack"
reboot
exit
cd /usr/local/
chmod +x ./VirtualBox-5.0.2-102096-Linux_amd64.run
./VirtualBox-5.0.2-102096-Linux_amd64.run
VBoxManage extpack install Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-5.0.2-102096.vbox-extpack
cd -
bat/vboxes start

O ficheiro bat/vboxes é um ficheiro de comandos que criei para gerir as máquinas virtuais do VirtualBox.

Entretanto, uma das máquinas que, por vezes, tinha problemas nas atualizações, voltou a falhar e vou ter que recuperá-la da mesma forma que já aqui foi documentada antes.

Reiniciar a máquina virtual, ligando ao leitor de CD um ISO com a última versão do sistema operativo. Depois de arrancar e escolher o layout do teclado, executar os comandos seguintes.

mount /dev/sda2 /mnt
mount -t proc proc /mnt/proc (this was the magic step)
chroot /mnt
cd /boot
mkinitrd -c -k 4.1.6 -m ext3
# No ficheiro /etc/lilo.conf colocar a linha
initrd = /boot/initrd.gz
# no fim do ficheiro, logo após a linha
root = /dev/sda2
# depois, executar os comandos:
lilo
reboot 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *