Percorrer Portugal a pé

Criei um blog – o meu décimo oitavo blog ativo – em setembro passado, para colocar os relatos das minhas caminhadas extensas, que começaram precisamente em setembro. A primeira grande caminhada, foi a travessia das ilhas da Ria Formosa. Foram cerca de 60 km, entre partes a andar e outras a nadar, para percorrer toda a Ria Formosa, pelo cordão de areia, desde a praia do Ancão, até à praia da Manta Rota.

O blog chama-se Ria Formosa, mas o seu âmbito já vai muito para além do cordão dunar do sotavento algarvio.

A ideia de percorrer as ilhas todas nasceu em agosto de 2015, quando olhei para o mapa da ilha de Faro e vi que terminava com uma barra – a Barrinha – que talvez até pudesse atravessar-se a nado.

Ah! Mas antes disso. O que é que me levou a olhar para o mapa? Uns dias antes, tinha ido, de carro, até ao fim da estrada do lado leste, na ilha de Faro, à procura de lugar para estacionar, e reparei que havia uma passadeira que continuava, ilha abaixo, para nascente. Fiquei curioso. Foi isso que me fez olhar para o mapa, mais tarde. Foi isso que me fez atravessar as ilhas, de lés a lés, no fim de setembro. Foi isso que me fez pensar no projeto de percorrer Portugal continental pela costa, a pé.

Até ao dia de hoje, já percorri:

Tenho agendados os percursos seguintes:

  • de Vila Nova de Milfontes até Sagres
  • de Cascais até à Nazaré

E o restante logo se vê.

Cap5-STorpes-1

em são Torpes

3 comentários em “Percorrer Portugal a pé”

  1. E também já fiz de Cascais até às Caldas da Rainha.
    Já falta pouco para acabar.
    Entretanto, já estudei o percurso que falta até ao Porto…

  2. No dia de hoje, já percorri o país todo pela costa – 1001 km – e, entretanto, comecei outra caminhada: de Cevide (acima de Melgaço, o ponto mais a norte do país) até à ilha da Barreta (o ponto mais a sul.

    O primeiro troço foi de Cavide à Covilhã, cerca de 350 km, que percorri em 5 dias.
    O segundo troço, foi da Covilhã a Évora, cerca de 230 km, que percorri em 4 dias.
    Só faltam cerca de 220 km, de Évora ao extremo sul da ilha da Barreta. Ainda não tem data marcada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *